İstanbul escort bayan sivas escort samsun escort bayan sakarya escort Muğla escort Mersin escort Escort malatya Escort konya Kocaeli Escort Kayseri Escort izmir escort bayan hatay bayan escort antep Escort bayan eskişehir escort bayan erzurum escort bayan elazığ escort diyarbakır escort escort bayan Çanakkale Bursa Escort bayan Balıkesir escort aydın Escort Antalya Escort ankara bayan escort Adana Escort bayan

More

    “Custo da energia é uma das principais preocupações atuais do governo”, diz Haddad

    Data:

    Nesta segunda-feira (1º), o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, destacou que o custo da energia é uma das principais preocupações atuais do governo. 

    ++Programa Litígio Zero: Renegociação de dívidas com a Receita Federal começa hoje

    Em uma reunião realizada no Palácio do Planalto com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, juntamente com os ministros da Casa Civil, Rui Costa, e de Minas e Energia, Alexandre Silveira, foram discutidos os planos referentes ao cronograma de geração de energia proveniente de óleo e solar, bem como os leilões de linhas de transmissão.

    ++MEC notifica seis Instituições por oferecer curso de Medicina sem autorização

    “Houve menção pública por parte do ministro Alexandre sobre este tema. Nosso objetivo é garantir que os cronogramas de geração e transmissão sejam compatíveis. Estamos empenhados nisso devido à preocupação com o custo da energia. Buscamos promover a geração de energia de forma acessível para tentar solucionar este problema que se acumulou ao longo dos anos”, afirmou o ministro ao retornar da reunião.

    O governo tem como meta reduzir em 3,5% o valor da conta de luz neste ano. Uma das medidas propostas envolve a correção nos atrasos dos leilões de linhas de transmissão. Na semana anterior, o primeiro leilão do ano de 2024 arrecadou R$ 18,2 bilhões em investimentos.

    A Lei 14.120, de 2021, estabeleceu um prazo de 48 meses para que os novos geradores de energia usufruam de descontos nas tarifas. Contudo, o governo planeja estender esse prazo em 36 meses devido ao fato de que a maioria dos projetos ainda não foi concretizada devido à falta de linhas de transmissão que não foram leiloadas.

    Conforme destacado pelo ministro, alguns prazos não foram cumpridos devido à ausência de licitação das linhas de transmissão. “Embora as autorizações já estivessem concedidas, alguns prazos não foram cumpridos devido à falta de licitação das linhas de transmissão. Com o término desse processo, será possível avaliar se há interesse em investir. No geral, é uma questão de alinhamento dos cronogramas de geração e transmissão”, explicou.

    O ministro afirmou que uma eventual prorrogação dos subsídios para usinas de energia renovável não representará custos adicionais para o governo. “Nosso foco está na busca por soluções que permitam a geração de energia acessível, visando resolver esse problema que se acumulou ao longo do tempo”, acrescentou Haddad.

    Não deixe de curtir nossa página  no Facebook   e também  no Instagram  para mais  notícias  do JETSS.

    - Publicidade -

    Mais Recentes