Entretenimento, Cultura e Lazer

Mario Frias e Regina Duarte criticam Lei Rouanet, mas já usaram recurso

Não é novidade para ninguém que os secretários especiais de cultura Mario Frias. 50 anos, e Regina Duarte, 75, já atacaram a Lei Rouanet, mas o fato é que ambos usaram o incentivo à cultura quando precisaram.

++ Câmara aprova Lei Paulo Gustavo, e Déa Lúcia debocha de Mario Frias: ‘Mico’

Mario Frias já fez uso da “mamata” da Lei Rouanet

Segundo informou o “Folha de São Paulo”, apesar das críticas que faz a Lei Rouanet, Mario Frias já solicitou R$ 284 mil, e arrecadou apenas R$ 59,9 mil para a peça “Dê Uma Chance ao Amor”, em que atuou ao lado da ex-mulher Nívea Stelmann, em 2003, dirigida por João Brandão. Fora isso, ele conseguiu R$ 700 mil para a montagem de “Rei dos Urubus”, em 2007, porém o projeto não saiu do papel e foi arquivado.

Ainda de acordo com o portal de notícias, todos os projetos foram apresentados pela empresa “Mercúrio Produções”, da qual o ex-Malhação foi sócio, e que foi fechada em 2020.

Reestruturação da Lei Rouanet

Apesar de tudo, em sua gestão à frente da Secretaria Especial de Cultura, Mario Frias foi o responsável pela reestruturação da Lei Rouanet e um dos pontos mais polêmicos foi a redução no limite para o pagamento do cachê de artistas solo para R$ 3 mil, uma queda de 93% em relação aos R$ 45 mil até então permitidos pela legislação. Nas redes sociais, ele chamou a lei, em que já fez uso, de “mamata“.

++  Tony Ramos diz que Regina Duarte foi ludibriada por Bolsonaro

Regina Duarte

As cifras de Regina Duarte, que precedeu o ator no cargo de secretária especial, são mais altas ainda. A artista chegou a desembolsar R$ 1,4 milhão em três projetos diferentes! No entanto, um deles, “Coração Bazar”, teve suas contas reprovadas. Agora, a atriz terá de devolver R$ 320 mil aos cofres públicos.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.