Entretenimento, Cultura e Lazer

Taís Araújo se revolta e faz discurso emocionado sobre assassinatos na Amazônia: “Lutar por justiça”

Taís Araújo não encondeu sua revolta sobre os assassinato do indigenista Bruno Araújo e do jornalista Dom Phillips. Ao participar do programa Encontro nesta quinta-feira (16), a atriz fez um desabafo emocionado sobre os crimes e não conteve as lágrimas

++ Bruna Linzmeyer desabafa sobre falta de representatividade lésbica na TV

“Você falou a palavra que é o meu sentimento: quando eu vejo isso eu tenho vergonha desse país. Vergonha! Eu fico muito emocionada”, declarou a artista para Fátima Bernardes, que apontava os assuntos do dia na nuvem de palavras do matinal.

++ Bruna Marquezine e Vanessa Gerbelli se reencontram em série da Netflix

Taís Araújo ainda declarou que ativistas como Dom e Bruno são essenciais para que haja investigação de crimes ambientais cometidos na Amazônia e conservação do bioma.

A gente tem que lutar agora por Justiça, para não acontecer mais, a gente tem que ficar de olho, tem que cobrar. Esse não é o nosso país, não pode ser o nosso país, ser conhecido por esse tipo de coisa, violência. Esse não é o país que eu quero para os meus filhos, sabe? Nem para os filhos de ninguém”, concluiu ela.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do Jetss.