Entretenimento, Cultura e Lazer

Final de La Casa de Papel foi alterado às pressas por criador: ‘Estava uma m*’

Os assinantes da Netflix finalmente assistiram ao fim da história de La Casa de Papel com a estreia dos últimos episódios da quinta temporada nesta sexta-feira (3), mas o desfecho da trama poderia ter sido diferente.  

Álex Pina, criador do fenômeno espanhol, confessou que alterou o roteiro às pressas. “Nós tínhamos um final pré-criado, que estava lá desde que criamos a série. Antes da terceira temporada, nós sabíamos qual seria o final. Mas, quando escrevemos, pensamos: Está uma m*, certo?'”, contou Pina em entrevista para Netflix e antecipada pela CNN Brasil. 

De acordo com o criador, a equipe de roteiristas escreveu até 34 versões diferentes do final da trama para finalmente encontrar um encerramento que fizesse jus à trajetória da série. Aos fãs, ele explicou que os eventos de Uma Tradição Familiar, último episódio de La Casa de Papel, foram definidos nos últimos minutos. 

++ ‘A Fazenda 13’: Dayane confessa plano de colocar ‘cocô nas botas’ de Rico

“Quando as pessoas assistirem, elas vão pensar: ‘Isso é o que estava planejado o tempo todo’. Não, senhor, não estava planejado. Nós descobrimos isso no último minuto”, acrescentou. 

Sobre o sucesso inesperado da série no serviço de streaming, Pina voltou a lamentar algumas decisões criativas feitas antes de La Casa de Papel ser adquirida pela Netflix. Entre as escolhas das quais se arrepende, o criador apontou o destino trágico de Moscou (Paco Tous). 

“Ele era um personagem que oferecia muita comédia e que, para mim, ainda tinha muito para dar. Se eu soubesse que nós teríamos uma vida mais longa, talvez pensasse duas vezes”, explicou. Anteriormente, ele também revelou que se arrependia de ter matado Berlim (Pedro Alonso). 

La Casa de Papel acabou? 

Apesar da comoção dos fãs, Pina voltou a enfatizar que a trama dos assaltantes liderados pelo Professor (Álvaro Morte) foi encerrada com a conclusão da quinta temporada. Até o momento, não há planos para seguir com a franquia além do spin-off focado em Berlim e do remake sul-coreano. 

“Agora, o assunto está encerrado. Não sei o que vai acontecer, uma ideia pode surgir. Mas realmente parece improvável e impossível que retomemos La Casa de Papel. Mas eu vou negar ter dito isso”, concluiu. 

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS.