More

    Brasileiros deixam R$ 7,59 bilhões em dinheiro esquecido no sistema financeiro

    Data:

    O Banco Central (BC) divulgou nesta quarta-feira (7) que os brasileiros ainda não sacaram R$ 7,59 bilhões em recursos esquecidos no sistema financeiro.

    ++Petrobras acerta pagamento de R$ 830 milhões à ANP por participações governamentais em Jubarte

    O montante faz parte do Sistema de Valores a Receber (SVR), que devolveu R$ 5,74 bilhões desde o início do programa, em fevereiro de 2022.

    ++Poupança registra saída líquida de R$ 20,1 bilhões em janeiro, afirma BC

    Mais de 39 milhões de pessoas ainda não resgataram seus valores, que são: Pessoas físicas: 39.952.928 e Pessoas jurídicas: 3.102.734.

    A maioria dos valores é de pequenas quantias: Até R$ 10: 63,49% dos beneficiários; entre R$ 10,01 e R$ 100: 25,11% dos beneficiários; Entre R$ 100,01 e R$ 1 mil: 9,68% dos beneficiários; e Acima de R$ 1 mil: 1,73% dos beneficiários.

    O SVR foi reaberto em março de 2023 com novidades como as novas fontes de recursos; o novo sistema de agendamento; e a possibilidade de resgate de valores de pessoas falecidas.

    Vale ressaltar, que em dezembro, foram resgatados R$ 191 milhões, uma queda em relação ao mês anterior (R$ 211 milhões).

    Como saber se você tem dinheiro a receber? Acesso o site: https://valoresareceber.bcb.gov.br/publico

    Melhorias

    A atual fase do SVR tem novidades importantes, como impressão de telas e de protocolos de solicitação para compartilhamento no WhatsApp e inclusão de todos os tipos de valores previstos na norma do SVR.  (Foto: Agência Brasil)

    Também há uma sala de espera virtual, que permite que todos os usuários façam a consulta no mesmo dia, sem a necessidade de um cronograma por ano de nascimento ou de fundação da empresa.  (Foto: Agência Brasil)

    Além dessas melhorias, há a possibilidade de consulta a valores de pessoa falecida, com acesso para herdeiro, testamentário, inventariante ou representante legal.

    Assim como nas consultas a pessoas vidas, o sistema informa a instituição responsável pelo valor e a faixa de valor. Também há mais transparência para quem tem conta conjunta. Se um dos titulares pedir o resgate de um valor esquecido, o outro, ao entrar no sistema, conseguirá ver as informações como valor, data e CPF de quem fez o pedido.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.

     

    - Publicidade -

    Mais Recentes