Entretenimento, Cultura e Lazer

Gabigol revoltado com arbitragem e Jorge Jesus continua em silêncio

Esse reinício de temporada 2020 está sendo marcado por alguns episódios caricatos, mesmo que o time do Flamengo continue ganhando seus jogos. A poucos minutos do final do jogo contra o Fluminense, na final do Campeonato Carioca, Gabigol foi expulso por, alegadamente, ter reclamado com o juiz do encontro.

Ora, essa expulsão, já nos acréscimos, não acabou tendo uma influência direta no resultado final, visto que o Flamengo conseguiu ganhar fora de casa por 2-1. No entanto, acabou fazendo com que Gabigol ficasse afastado para o segundo jogo dessa final.

Revoltado, Gabigol recorreu às redes sociais para manifestar o que para ele foi uma expulsão injusta e que acaba prejudicando bastante as opções que o técnico Jorge Jesus teria para esse segundo jogo decisivo no Campeonato Carioca. As últimas notícias sobre Flamengo adiantam que o time, mesmo que quisesse, não teria hipóteses em recorrer dessa expulsão.

 

A importância de Gabigol no ataque do Flamengo

 

Desde o ano passado que Gabigol tem provado ser um dos melhores artilheiros do futebol brasileiro, mas também de toda a América Latina. Tendo sido o maior artilheiro da história recente do Brasileirão, o próprio time do Flamengo decidiu investir uma fortuna para conseguir contratar o jogador brasileiro ao Inter.

Não parecem existir dúvidas que o atacante é um dos jogadores prediletos de Jorge Jesus, garantindo gols, mas também uma influência muito ativa e positiva em todas as manobras ofensivas do time. Mas como será que o Flamengo se conseguirá adaptar nessa final sem Gabigol?

A dúvida está lançada, se bem que muitos comentaristas até olham para essa ausência forçada de Gabigol como uma oportunidade para o atacante Pedro ganhar mais preponderância no sempre poderoso ataque do Flamengo de Jorge Jesus. Com uma vantagem de somente um gol para o decisivo jogo, será com certeza um enorme teste para o elenco não poderem contar com um dos seus melhores jogadores.

 

Incertezas também podem prejudicar o time

 

Além da necessidade de substituir o que o Gabigol entrega ao time de bom, nessa final do Campeonato Carioca muitas notícias garantem que esse poderá muito bem ser o último jogo de Jorge Jesus no Brasil. Isso porque, o técnico português estaria em negociações com o time do Benfica, para sua contratação.

Mesmo não estando nada confirmado, sendo que a diretoria do Flamengo já veio a público garantir que conta com Jesus até julho de 2021 (como está em seu contrato), a verdade é que o receio de o já histórico técnico possa sair a qualquer momento, poderá também prejudicar a harmonia e a consistência do time do Flamengo.

Desde que Jorge Jesus chegou ao Rio de Janeiro, o time tem conseguido mostrar um futebol de enorme qualidade, tendo, em poucos meses, conquistado o Brasileirão, bem como a Copa Libertadores. Porém, será que o segredo do sucesso está mais no elenco, ou então é tudo mão de Jorge Jesus?

 

Técnicos são apontados para substituir Jesus

 

Como não poderia deixar de ser, mesmo ser existirem confirmações, torcedores, antigos jogadores e até comentaristas já estão apontando nomes que poderiam substituir Jesus no comando do Flamengo. Nomes como Renato Gaúcho ou Marco Silva estão sendo mais apontados. Porém, o jovem técnico português Marco Silva parece ser o candidato nº1, caso o Flamengo perca já nas próximas semanas Jorge Jesus.

Ao que tudo indica, a diretoria do Flamengo teria ficado muito agradada com o trabalho e os resultados conquistados por Marco Silva no time do Everton, na Premier League. Juntando a isso o fato de ser português, podiam estar reunidas para o Flamengo ser novamente comandado por um técnico português que já está dando frutos no futebol europeu.

De fato, a principal diferença entre Marco Silva e Jorge Jesus são suas idades. Atualmente, Marco Silva tem somente 42 anos de idade, tendo uma maior tendência na implementação de ideais de jogo mais modernas e adaptadas ao futebol na Europa. Mas será que iriam dar resultado no futebol brasileiro?

 

Por que razão Jorge Jesus poderá sair?

 

Essa é uma das questões mais vezes feitas pelos milhões de flamenguistas, mas Jesus tem falado pouco ou nada para a imprensa. Estando em um dos maiores times do mundo, com um elenco de luxo, por que razão Jesus aceitaria retornar ao Benfica – uma equipe histórica, mas que nos últimos anos está longe de estar bem? A verdade é que as saudades de Portugal, bem como de sua família e amigos, deverá estar pesando na decisão de Jesus.

Para não mencionar que Jesus já foi muito feliz no Benfica, onde conquistou três campeonatos de Portugal. Em um momento em que o dinheiro já não é tão importante para o técnico, seu coração poderá estar falando mais alto.