Entretenimento, Cultura e Lazer

Três em cada quatro adultos querem ser vacinados contra a Covid-19, aponta estudo

Cerca de 74% dos adultos de todo o mundo querem receber uma vacina contra o coronavírus, caso seja aprovada e disponibilizada. No entanto, esta percentagem pode não ser suficiente para derrotar o vírus que se espalha rapidamente, de acordo com um novo estudo divulgado e citado pela ‘CNBC’.

++ Johnson & Johnson inicia testes da vacina anti-Covid-19 na América Latina

A pesquisa do Fórum Econômico Mundial (WEF, na sigla em inglês) e da empresa de prospecção de mercado ‘Ipsos’, entrevistou cerca de 20 mil adultos em 27 países durante duas semanas, no período entre 24 de Julho e 7 de Agosto de 2020.

A maioria dos participantes de todos os países manifestou vontade em receber uma vacina, segundo os resultados da pesquisa. A China foi o país mais entusiasmado com a ideia, com 97% entrevistados querendo ser vacinados. Já a Rússia foi o menos disposto, com apenas 54% que mostrarem interesse.

Ainda assim, é preocupante que cerca de um quarto da população a nível global não queira ser vacinado, de acordo com um especialista do WEF. “A queda de 26% na confiança na vacina é significativa o suficiente para comprometer a eficácia do lançamento do fármaco”, disse Arnaud Bernaert, citado pela ‘CNBC’.

De acordo com o estudo, o motivo mais apontado por aqueles que rejeitam a vacina é a preocupação com os efeitos colaterais do fármaco. Outros fatores mencionados passam pela percepção de que a vacina pode não ser eficaz, bem como que não existe risco suficiente de as pessoas contraírem o vírus.

O novo coronavírus infectou mais de 25,5 milhões de pessoas em todo o mundo e matou outras 851 mil.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS