İstanbul escort bayan sivas escort samsun escort bayan sakarya escort Muğla escort Mersin escort Escort malatya Escort konya Kocaeli Escort Kayseri Escort izmir escort bayan hatay bayan escort antep Escort bayan eskişehir escort bayan erzurum escort bayan elazığ escort diyarbakır escort escort bayan Çanakkale Bursa Escort bayan Balıkesir escort aydın Escort Antalya Escort ankara bayan escort Adana Escort bayan

More

    Mulher morre atropelada por caminhão dirigido pelo marido no MS

    Data:

    Roseli Silva de Paula morreu na madrugada deste sábado (30) depois de ser atropelada pelo próprio marido, de 34 anos, em Cassilândia (MS). Ela chegou sem vida à unidade de saúde.

    ++Três morreram e 16 ficaram feridas em trágico acidente com Micro-ônibus no Paraná

    Segundo informações do Boletim de Ocorrência, o marido relatou que estava em uma confraternização com a esposa, a irmã dela e o cunhado, e todos retornavam para a fazenda onde moravam em um veículo, dirigido pelo cunhado.

    ++Corpo de piloto desaparecido desde quinta é encontrado após queda de avião em Jundiaí

    Durante o trajeto, o motorista e a esposa teriam discutido e saído do veículo, adentrando um matagal. Ainda segundo o marido da vítima, Roseli desceu do carro para procurar a irmã. Pouco depois, ao tentar mover o veículo de marcha ré, o suspeito (marido de Roseli) alega ter atropelado a esposa acidentalmente. A irmã dela também foi atingida, mas não sofreu ferimentos graves.

    Ele então socorreu a esposa e a levou ao hospital, contando com a ajuda de um vizinho. Durante o trajeto, a mulher reclamou de fortes dores e acabou falecendo a caminho da unidade médica.

    No entanto, posteriormente, o homem mudou sua versão, afirmando não se lembrar do que havia ocorrido. Apesar disso, ele foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos, mas acabou sendo liberado após o depoimento.

    De acordo com site Midiamax, Roseli chegou na unidade de saúde, apenas de sutiã, short e a calcinha abaixada, com marcas de pneus no tórax, pescoço e marcas de cordas.

    O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil, que investigará o fato.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.

    - Publicidade -

    Mais Recentes