İstanbul escort bayan sivas escort samsun escort bayan sakarya escort Muğla escort Mersin escort Escort malatya Escort konya Kocaeli Escort Kayseri Escort izmir escort bayan hatay bayan escort antep Escort bayan eskişehir escort bayan erzurum escort bayan elazığ escort diyarbakır escort escort bayan Çanakkale Bursa Escort bayan Balıkesir escort aydın Escort Antalya Escort ankara bayan escort Adana Escort bayan

More

    Governo pune parlamentares que pedem impeachment de Lula, afirma site

    Data:

    Durante uma reunião com aliados realizada nesta terça-feira (27), o líder do governo na Câmara dos Deputados pelo PT-CE, José Guimarães, anunciou medidas enérgicas contra os parlamentares que demonstraram oposição direta ao presidente Lula.

    ++Festa de 44 anos do PT terá ingressos a preços exorbitantes de até R$ 20 mil

    Guimarães revelou que os deputados que endossaram o pedido de impeachment contra Lula, em resposta às suas declarações controversas sobre Israel e o Holocausto, serão excluídos da base governista.

    ++Manifestação pró-Bolsonaro na avenida Paulista ganha destaque na imprensa global

    Essa decisão implica em uma perda significativa ao acesso a emendas parlamentares e cargos estratégicos. O posicionamento foi destacado em uma reportagem da Folha de S. Paulo.

    O encontro com líderes dos partidos MDB, União Brasil, PSD, Republicanos e PP deixou claro que o respaldo ao impeachment, liderado pela deputada Carla Zambelli (PL-SP), acarretaria em retaliações políticas diretas.

    Conforme a matéria da Folha de S. Paulo, a proposta de Zambelli já angariou mais de 140 assinaturas, configurando o pedido de impeachment mais substancial desde o processo contra Dilma Rousseff em 2016.

    Diante desse cenário, os opositores buscam pressionar Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara, a avançar com o impeachment. No entanto, Lira sinaliza uma tendência a rejeitar a solicitação por considerá-la precipitada.

    A controvérsia central reside nas acusações contra Lula por suas declarações sobre o conflito em Israel, equiparando as ações do país ao genocídio do Holocausto, uma comparação que os parlamentares argumentam constituir um crime de responsabilidade.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.

    - Publicidade -

    Mais Recentes