İstanbul escort bayan sivas escort samsun escort bayan sakarya escort Muğla escort Mersin escort Escort malatya Escort konya Kocaeli Escort Kayseri Escort izmir escort bayan hatay bayan escort antep Escort bayan eskişehir escort bayan erzurum escort bayan elazığ escort diyarbakır escort escort bayan Çanakkale Bursa Escort bayan Balıkesir escort aydın Escort Antalya Escort ankara bayan escort Adana Escort bayan

More

    Bolsonaro se mantém em silêncio durante oitiva na PF

    Data:

    O ex-presidente Jair Bolsonaro e outras 23 pessoas compareceram na tarde desta quinta-feira (22) nas sedes da Polícia Federal em alguns estados do país para prestar depoimento referente à investigação sobre alegações de tentativa de golpe de Estado durante o ano eleitoral de 2022.

    ++Flávio Dino toma posse como ministro do Supremo Tribunal Federal nesta quinta-feira

    Os depoimentos estão sendo realizados simultaneamente em diversas regiões do país, em salas distintas, como medida preventiva para evitar qualquer tipo de ‘coordenação’ entre os testemunhos dos investigados.

    ++Após declarações de Lula, Bolsonaro solicita passaporte para viagem diplomática a Israe

    No centro desta investigação está o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que permaneceu brevemente na sede da PF e optou por permanecer em silêncio, uma decisão já anunciada por sua defesa.

    “Este silêncio não é apenas um exercício do direito constitucional de permanecer calado, mas também uma estratégia baseada na falta de acesso a todos os elementos acusatórios”, esclareceu Paulo Bueno, advogado de Bolsonaro.

    Paralelamente, outros aliados de Bolsonaro, incluindo o ex-ministro da Justiça, Anderson Torres, também estão sendo ouvidos.

    Bolsonaro havia declarado anteriormente que só prestaria depoimento após a concessão de acesso total ao processo para seus advogados. No entanto, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, assegurou que a defesa já possui acesso aos materiais necessários, com exceção daqueles ainda sob investigação ou provenientes de delação premiada.

    Anderson Torres, enfrentando a mesma situação, optou por adotar uma postura diferente e decidiu prestar depoimento, defendendo a inexistência de ilegalidades em suas declarações, gravadas em junho de 2022 e integradas ao inquérito.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do Jetss.

    - Publicidade -

    Mais Recentes