Entretenimento, Cultura e Lazer

Mourão explica motivações durante discurso de final de ano que gerou polêmica entre apoiadores de Bolsonaro

Nesta semana, em entrevista à Veja, o senador e ex-vice presidente, o general Hamilton Mourão (Republicanos-RS), detalhou os motivos pelo qual realizou o discurso de final de ano que dividiu opiniões.  A fala do general irritou apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que aguardavam um posicionamento diferente do ex-vice.

++ Em show, cantor Vitão e Bela Gil são expulsos do palco de Ivete Sangalo

Na entrevista, Mourão disse que, em seu discuso, visava “marcar posição, defendendo as conquistas do nosso governo, alertando que o novo governo não recebeu um cheque em branco e, portanto, o regime democrático continua vigente”.

++ Após agredir a mãe, ex-global desabafa: “Preciso de ajuda”

“Lamentavelmente, parcela da população não consegue aceitar que as soluções do passado não cabem no presente. Assim, passaram a exigir que as Forças Armadas solucionassem um problema que é político e não militar”, disse o general.

Apesar da tensão gerada, Mourão garante que segue apoiando o ex-presidente: “Julgo que o presidente Bolsonaro será o candidato natural, pelo carisma e liderança que possui. Não tenho dúvida da força que o presidente Bolsonaro possui e que retornará com uma dimensão maior”.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do Jetss.