Entretenimento, Cultura e Lazer

Alexandre de Moraes mantém 140 presos envolvidos em invasões em Brasília

Apesar de ter soltado 60 pessoas envolvidas nos atos que ocorreram em Brasília em 8 de janeiro, Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), manteve 140 manifestantes detidos. Todos tiveram as prisões em flagrante convertidas para prisão preventiva, que não tem prazo para ser revogada legalmente.

++ Lula deve descumprir promessa sobre Imposto de Renda, indica Simone Tebet: “Não há espaço para mexer”

A justificativa de Moraes para manter os 140 pesos por acusação de depredação dos prédios públicos na capital federal se dá pelo ministro considerar uma medida necessária para garantir a ordem pública e permitir que as investigações prossigam.

++ Fernando Haddad afirma que os países não precisam se preocupar com o Brasil

O ministro ainda apontou que existem evidências de que o grupo de 140 pessoas teria cometido crimes como: atos terroristas, associação criminosa, abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, ameaça, perseguição e incitação ao crime.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.