Entretenimento, Cultura e Lazer

Felipe Neto pede união de influenciadores contra problemas do Brasil

Pandemia do novo coronavírus, o covid-19; queimadas na Amazônia e escândalos de corrupção. Felipe Neto já criticou todas essas questões e a as ações do governo Bolsonaro para cada uma. E agora quer que outros influenciadores também ajam e se envolvam no debate. Em entrevista ao “El País” explicou seu ponto.

++ Felipe Neto critica saúde dos Estados Unidos

“Qualquer comunicador que se cala sobre o que estamos vivendo é cúmplice”, disse. “Com todas as notícias sobre corrupção envolvendo essa família, sobre os incêndios na Amazônia e no Pantanal, toda a má gestão da pandemia de covid-19, simplesmente não dá para dizer: ‘Não estou acompanhando, então prefiro ficar calado'”, criticou.

O influenciador também descartou que queira entrar na vida pública. “Os brasileiros têm essa tendência de buscar salvadores da pátria, precisamos desconstruir isso”, declarou. Vale lembrar que, recentemente, ele entrou na lista dos cem mais influentes da “Time”. “Trato com cuidado qualquer coisa que alimenta meu ego. Eu me permito a alegria ocasional, mas mantenho os pés no chão”, revelou.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS.