Entretenimento, Cultura e Lazer

Comediante pode perder programa após mentir sobre 11 de setembro

O comediante aparece na série “The league”, do canal FXX (Foto: Reprodução)
O comediante aparece na série “The league”, do canal FXX (Foto: Reprodução)

Steve Rannazzisi se colocou numa tremenda saia justa ao contar uma mentira sem pé nem cabeça sobre trabalhar no World Trade Center durante o ataque terrorista de 11 de setembro de 2001.

Na história inventada pelo comediante, ele contou de forma detalhada sobre os momentos de terror que teria vivido quando trabalhava na empresa Merril Lynch no dia em que ocorreu o 11/9. O comediante disse que sentiu um forte impacto quando a torre ao lado dele foi atingida e que conseguiu correr até a rua, apesar de ouvir mensagens em alto falantes pedindo para que as pessoas ficassem onde estavam. Steven ainda contou que caminhou até sua casa, atravessando a Brooklyn Bridge, depois de recusar a oferta de um taxista que cobraria US$ 500 para levá-lo até lá.

O comediante contou também que sua então namorada, atualmente sua esposa, também trabalhava no World Trade Center, e que por várias horas eles não conseguiram se comunicar, até que ela apareceu em sua porta. Ela havia ficado presa no metrô e não tinha chegado ao trabalho, disse.

“Nós subimos no telhado, fumamos um baseado e decidimos que íamos embora”, disse Rannazzisi, justicando sua mudança para a Califórnia, na época, em busca de uma carreira no ramo de entretenimento.

Acontece que toda essa elaborada história não passa de uma lorota contada pelo comediante que, na verdade, trabalhava no centro, e começou a contar a farsa depois de se mudar para Los Angeles.

“Não sei porque eu disse isso”, afirmou. “Isso é imperdoável. Sinto muito”, declarou ele, segundo matéria publicada nesta quarta (16) no jornal “The New York Times”.

Ele disse que desejou que o seu silêncio pudesse apagar uma história contada por imaturidade. “Isso apenas me deixou mais envergonhado”, ele disse. “Como eu poderia dizer aos meus filhos para serem honestos se eu não tinha esclarecido isso? É para as vítimas do 11 de Setembro e as pessoas que as amam – e as pessoas que me amam – que peço perdão”.

O canal Comedy Central, que iria fazer um especial de stand-up do artista, programado para ser exibido no próximo final de semana, está reavaliando o programa. “Só soubemos disso ontem à noite”, disse o porta-voz do canal, Steve Albani. “Estamos muito desapontados por saber das mentiras de Steve e estamos atualmente decidindo como iremos proceder”. Deu ruim.