Entretenimento, Cultura e Lazer

Programador cria jogo de vídeogame em homenagem ao filho com cancêr terminal

 

Pai de Joel diagnosticado com câncer cerebral fatal no primeiro ano de vida, o programador Ryan Green resolveu transformar sua dor em um jogo de vídeogame, onde relata seus quatro anos de luta ao lado do filho. “Eu estava com medo de esquecê-lo”, disse o americano, de 34 anos, à NBC News. O pequeno faleceu há um ano, quando tinha apenas quatro.

Pensando nisso, ele fez uma homenagem ao menino criando o jogo “That Dragon, Cancer” (“Este Dragão, o Câncer”), onde convida os jogadores a experimentar a intensidade emocional de viver com uma criança que esta prestes a morrer. “É uma carta de amor de um desenvolvedor de videogames para o seu filho; um jogo de aventura imersiva para inspirar o amor ao próximo; um memorial para centenas que lutaram contra o câncer”, diz o site do projeto.

Desenvolvido por Ryan e outros cinco profissionais, o jogo tem lançamento previsto para o próximo semestre. “Não será algo típico”, avalia. “Normalmente, em um jogo você tem um objetivo, que é possível de ser alcançado correndo, pulando e matando os inimigos… O que estamos fazendo é diferente. As suas decisões não alteram a forma como a história termina. Porque, em última análise, estamos contando uma história verdadeira. Joel não sobreviverá”, conta o pai.

Thank You For Playing (2015) – Official Teaser from Thank You For Playing on Vimeo.