Entretenimento, Cultura e Lazer

“A gente não pode dar aumento de salário mínimo em 3%”, diz Lula sobre regras fiscais

O presidente Lula lamentou que o governo federal não consiga realizar o aumento real no salário mínimo no início de 2023. De acordo com suas declarações, a medida é vista como um “gasto” e não como um “investimento” para o governo.  

++ Confira os Ministros do governo Lula que apoiaram o impeachment de Dilma Rousseff

O político falou sobre o assunto durante a cerimônia de posse da nova presidente da Caixa Econômica Federal, Rita Serrano, na última quinta-feira (12). Na ocasião, Luis Inácio ressaltou que todas as medidas assistenciais precisam ser tratadas como investimento.

“Se eu compro comida é gasto, se compro para o pobre é gasto, se coloco dinheiro na saúde é gasto, na educação é gasto”, declarou o presidente na cerimônia. 

Na sequência, Lula criticou que o dinheiro de juros pago aos sistemas financeiros não são considerados excedentes: “A única coisa que não é tratada como gasto nesse país é o dinheiro que a gente paga de juros para o sistema financeiro”.

++ Lula pode adiar aumento no salário mínimo

“Enquanto isso, a gente não consegue dar aumento de salário mínimo de 3% porque é gasto. Não é possível. Tudo que a gente fizer para melhorar a vida do nosso povo tem que ser tratado como investimento. Daqui para frente, tudo o que a gente fizer é investimento, até aumentar salário”, refletiu o presidente.

Vale lembrar que as declarações de Luiz Inácio Lula da Silva acontecem no período em que o governo discute o aumento real do salário mínimo para 2023. Nesta semana, ficou decidido que o novo valor de R$ 1.320 não conseguirá vigorar nos primeiros meses e que o reajuste deverá ser feito apenas em maio. 

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS