Entretenimento, Cultura e Lazer

Trombose: Os fatores de risco e o que fazer para evitar o problema

A Trombose Venosa Profunda (TVP), conhecida popularmente apenas por trombose, ocorre quando há formação de um coágulo sanguíneo em uma ou mais veias grandes, geralmente dos membros inferiores, como as coxas e pernas, determinando a obstrução parcial ou total do fluxo na veia afetada.

++ Após férias com Fátima, Túlio Gadêlha é diagnosticado com trombose

O desenvolvimento da trombose está relacionado com a diminuição da velocidade da circulação, aumento da viscosidade do sangue e alterações na integridade das veias.

O caso se agrava quando um coágulo se desprende e se movimenta na corrente sanguínea causando uma embolia que pode ficar presa no cérebro, nos pulmões, no coração ou em outra área, levando a lesões graves e até a morte.

Alguns fatores de risco são levados em consideração no caso da trombose, como: Hereditariedade, imobilidade, varizes, pacientes acima de 60 anos,tabagismo e obesidade. Além disso, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), jovens que fumam e usam anticoncepcional têm 10 vezes mais chance de sofrer ataque cardíaco e embolia pulmonar do que outras pessoas da mesma faixa etária que não são fumantes e usam o mesmo medicamento.

Apesar de assustador, é importante saber que existem hábitos que podem prevenir a trombose, como:

  1. Praticando exercícios físicos regularmente.
  2. Evitando permanecer muito tempo sentado sem se movimentar.
  3. Evitando o tabagismo.
  4. Evitando o consumo de álcool (associado ao tabagismo e ao uso de anticoncepcional).
  5. Mantendo uma dieta equilibrada.
  6. Procurando manter o peso.
  7. Pacientes com história de varizes e história anterior de trombose devem ser orientados a usar meias de compressão.
  8. Pacientes que trabalham ou permanecem muito tempo em pé ou sentados também devem ser orientados a usar meias de compressão.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS