Entretenimento, Cultura e Lazer

Daiane dos Santos se emociona com medalha de Rebeca Andrade: “Representatividade”

Daiane dos Santos celebrou a conquista da medalha de prata de Rebeca Andrade nesta quinta-feira (29). Durante a transmissão ao vivo na Rede Globo, a ex-ginasta emocionou ao ressaltar a importância de uma mulher negra se tornar a primeira medalhista brasileira na ginástica artística.  

++ Rebeca Andrade trouxe o prata para o Brasil ao som de representatividade

“Agora a gente tem a primeira medalha do Brasil na ginástica artística com uma negra. Isso é muito forte. Até pouco tempo os negros não podiam competir em alguns esportes. É uma menina que veio de origem humilde, criada por uma mãe solo como dona Rosa, porque o pai da Rebeca tá vivo, mas não é presente”, declarou Daiane, visivelmente emocionada.

Na sequência, a ex-atleta lembrou que Rebeca sofreu lesões em 2019 e precisou realizar três cirurgias. “Uma menina que aguentou tudo que aguentou, todas as lesões e tá aí hoje para ser a segunda melhor do mundo, uma mulher negra, uma brasileira”, disse Daiane.

O narrador Galvão Bueno, que acompanhava Daiane dos Santos na transmissão da performance, parabenizou a fala da ex-atleta. “Você é uma das que começou esse caminho, precursora dessa medalha, você falou muitíssimo bem, falou muito bem”, elogiou.

A ginasta Rebeca Andrade marcou 57.298 pontos e conquistou a medalha de prata no individual geral. A medalha de ouro ficou com a atleta Sunisa Lee, dos Estados Unidos, e o terceiro lugar com Angelina Melnikova, da Rússia.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS