Entretenimento, Cultura e Lazer

Kéfera é acusada de plágio em moletom da sua marca de roupas

Kéfera Buchmann, atriz e influenciadora, lançou um moletom pela sua grife, recentemente. Internautas observaram que o modelo seria idêntico a outro, disponível no site do Moco Museum, de Amsterdam, na Holanda.

A peça de cor rosa traz a frase “in art we trust”, que, traduzida, seria “nós confiamos na arte”. No site do museu, a blusa é vendida por 49,50 euros, cerca de R$ 300. Na loja online da Komfive, marca da Kéfera, a peça está disponível por R$ 240.

Inúmeros usuários do Twitter denunciaram o suposto plágio. Malu, proprietária do perfil @malumlopes, questionou: “E a ‘coleção’ de roupas da nova marca da Kéfera, que é plágio descarado do Moco Museum de Amsterdam?”

++ “Prefiro a morte”, dispara Joelma sobre voltar com o ex, Chimbinha

“E a Kéfera, que abriu uma marca de roupa e agora tá apagando os comentários de quem tá acusando que é plágio do Moco Museum?”, apontou Gabriela, dona do perfil @machadopgabi. Ela fez o questionamento após alguns usuários comentarem na postagem do moletom sobre o plágio e terem suas mensagens apagadas.

A coluna de Leo Dias, do portal Metrópoles, entrou em contato com a assessoria da influenciadora. Em nota, a equipe afirmou que “a frase usada (no moletom) é de domínio público, não há registro de licença para uso exclusivo, por isso ela é utilizada por diversas outras marcas em casacos, camisetas, blusas, quadros, xícaras e outros produtos similares”.

Por fim, a assessoria afirmou que as modelagens da blusa não são exclusivas de ninguém e nega qualquer tipo de plágio: “As peças de vestuário são cortes genéricos e não possuem desenho industrial registrado, sendo assim utilizadas de forma legal por diversas marcas do segmento de moda”.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS