More

    Ex-BBB Pocah é processada por marca de roupas

    Data:

    Segundo informações levantadas pela coluna de Leo Dias, do portal Metrópoles, a marca de moda Planet Girls move um processo contra a ex-BBB Pocah e as intervenientes Gold 120 Produções e Mynd.

    A loja pede a devolução do valor pago a funkeira no momento da contratação: R$ 30 mil. Segundo os autos, Pocah foi contratada para fazer a campanha inverno/verão, além de fotografar para datas comemorativas.

    A marca também pediu a divulgação das imagens de Pocah nas redes da marca. Para isso, foi combinado que a funkeira passaria uma diária de oito horas para fotografar com 13 looks. Foi exigido que a cantora e a equipe fizessem testes para a Covid-19.

    De acordo com Planet Girls, devido à falta de tempo prévio para compra dos exames, a marca decidiu declinar com a campanha. Agora, pede que a funkeira devolva a quantia paga previamente a ela, R$ 30 mil.

    ++ Schmütz chama Sarah Andrade de gado por não se vacinar

    A Myng, agência responsável por intermediar a ação, emitiu um comunicado.

    “A rescisão contratual se deu por culpa única e exclusiva da marca, que, dentre outras penalidades, optou por não cumprir as exigências e protocolos instituídos pelas autoridades locais, bem como pela Organização Mundial de Saúde diante da pandemia de Covid-19 que assola o mundo”, disse.

    “Sendo assim, não há qualquer responsabilidade da artista, muito menos da empresa de publicidade, pela não realização do trabalho objeto da ação. Demais fatos e circunstâncias, serão devidamente esclarecidos em juízo, órgão competente para analisar a causa”, assinou Dr José Estevam, advogado da Mynd.

    Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS

    Mais Recentes