Entretenimento, Cultura e Lazer

Victoria e David Beckham contraíram Covid-19 em março e podem ter sido propagadores

David e Victoria Beckham contraíram coronavírus em março, provavelmente em uma viagem aos Estados Unidos, mas mantiveram a doença em segredo. Eles voltaram ao Reino Unido, em seguida, para comemorar o aniversário de 21 anos do filho Brooklyn, e Victoria acredita que eles tenham sido “propagadores massivos” da doença.

++ David Beckham compartilha foto inusitada e diverte fãs

David e Victoria estavam em Los Angeles, no início de março, por conta de jogos do time de David, o Inter Milan FC. Eles só foram apresentar os sintomas do coronavírus quando já estavam no Reino Unido e ficaram de quarentena por duas semanas com toda a família após membros de sua equipe também terem contraído o vírus.

A preocupação de Victoria sobre a propagação se deu porque o casal fez uma festa de aniversário para o filho no dia 7 de março, uma semana depois de voltar dos Estados Unidos, que envolveu vários convidados, entre eles Emma Bunton e Stormzy. E depois disso, eles embarcaram novamente para Miami, no dia 11, onde participaram de várias festas.

Foi só no dia 19 de março que a família se recolheu em sua propriedade em Cotswolds, na Inglaterra, para tratar os sintomas do coronavírus que apareceram. Eles não têm como saber em que ponto das viagens contraíram a infecção.

Uma fonte próxima ao casal disse ao jornal britânico The Sun que “foi um cenário de pesadelo absoluto. Eles compareceram a alguns eventos de networking ostentosos e David tinha tarefas promocionais. Estavam apertando as mãos e beijando fãs e vários dignitários do clube”, afirmou a fonte.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS