Entretenimento, Cultura e Lazer

Carreira política de Meghan Markle não seria surpresa, diz agente

Uma eventual participação de Meghan Markle na política não seria uma surpresa, segundo uma revelação feita pelo agente de celebridades Jonathan Shalit ao jornal britânico “The Telegraph”. 

“Nunca a ouvi falando sobre política, mas não é algo fora de cogitação”, disse Shalit, que, segundo a publicação, seria uma pessoa próxima da duquesa. “Ela é americana, tem todo o direito de concorrer à Presidência. Ronald Reagan era um ator lado B e terminou na Casa Branca. Nunca diga nunca”, pontuou o agente. 

++ Rafa Vitti volta às redes com vídeo de filha e ganha elogios de Tatá 

Shalit ainda declarou para a publicação que a visão que a opinião pública tem sobre o casal nos Estados Unidos é diferente da impressão que o Reino Unido teria dos dois e do afastamento de Harry e Meghan da Família Real. Para o agente, a atriz tem um jeito de se relacionar com as pessoas que lembra o da princesa Diana, mãe de Harry. 

A atriz americana, casada com o príncipe Harry, tem uma trajetória de atuação nas nas Nações Unidas e de campanhas políticas desde a infância. 

Vale lembrar que o casal anunciou um contrato de 112 milhões de libras com a Netflix na semana passada. Meghan e Harry vão produzir documentários, filmes, roteiros e programas infantis para o serviço de streaming. 

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS.