Entretenimento, Cultura e Lazer

Mãe quebra o silêncio e fala sobre a overdose de Demi Lovato

Após a overdose de Demi Lovato no início de julho, Dianna de la Garza, mãe da cantora, falou publicamente sobre o assunto em entrevista ao “Newsmax TV”.

++ Pela primeira vez, Selena Gomez fala sobre a internação de Demi Lovato

A matriarca revelou que ainda se sente mal ao relembrar a overdose de Demi Lovato. “É muito difícil falar disso. Eu literalmente começo a tremer um pouco quando lembro de tudo que aconteceu naquele dia”, disse.

Dianna contou que não sabia do ocorrido até a ligação da assessora da filha. A mulher relatou que a cantora estava consciente, mas não conseguia falar: “Eu entrei em choque. Eu nem sabia o que dizer. É algo que eu nunca, jamais esperei ouvir, como mãe, sobre nenhum dos meus filhos”.

Imediatamente, ela avisou as irmãs da artista, Dallas e Madison, e todas correram para o hospital. “Ela estava com uma aparência horrível. Mas eu disse: ‘Demi, estou aqui. Eu te amo’, e aí ela respondeu ‘eu também te amo'”, afirmou.

Passado o susto, a mãe confessa que as mensagens positivas foram as responsáveis pela melhora da herdeira: “Eu acredito que ela só está viva pelas milhares de orações que todo mundo fez assim que descobriram o que tinha acontecido”.

A overdose de Demi Lovato pegou a todos de surpresa, já que ela estava longe das drogas há alguns anos. Em junho de 2018, a artista lançou o single “Sober”, a letra tratava das dificuldades de estar sóbria.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS