Famosos se revoltam com decisão de juiz sobre homem acusado de assédio sexual

  • Foto compartilhada pelos famosos revoltados com a situação (Foto: Instagram)

  • Karol Conka: “Tá faltando empatia até no Tribunal” (Foto: Instagram)

  • Thaila Ayala não conseguiu ficar calada (Foto: Instagram)

  • Bruna Linzmeyer publicou seu incômodo com a decisão (Foto: Instagram)

  • Thiaguinho pediu mais justiça em sua publicação (Foto: Instagram)

  • Giovanna Ewbank também se pronunciou (Foto: Instagram)

Foto compartilhada pelos famosos revoltados com a situação (Foto: Instagram)

Famosos se revoltaram com a decisão do juiz José Eugênio do Amaral Souza Neto, do Tribunal de Justiça de São Paulo. Ele resolveu soltar o homem de 27 anos acusado de ejacular em cima de uma mulher no ônibus na capital paulistana.

++ Brigas constantes de Karol Conká e seu namorado, produtor de seu programa, vira assuntos nos bastidores

No seu Instagram, personalidades como Thiaguinho, Fernanda Souza, Bruna Linzmeyer, Thiago Fragoso, Thaila Ayala, Adriane Galisteu, Karol Conka, Giovanna Ewbank, entre outros, postaram mensagens de repúdio perante a justificativa do juiz. Na imagem está escrita a fala dele: “Entendo que não houve constrangimento tampouco violência ou grave ameaça, pois a vítima estava sentada em um banco de ônibus, quando foi surpreendida pela ejaculação do indiciado”.

Na publicação Karol Conka escreveu: “Queria saber a opinião desse juiz se a gozada fosse na cara dele. Tá faltando empatia até no Tribunal, PQP, tamo fudido”

Já Bruna Linzmeyer: “Meu estômago sangra com tudo isso, é estupro sim”

Thaila Ayala: “Queria postar uma foto linda e feliz mas ta difícil!Pra onde a humanidade está caminhando? Isso ai pode ser chamado de qualquer coisa menos JUIZ!!”

Thiaguinho: “Quando a gente acha que não da pra piorar mais…É corrupção, falta de amor, violência, individualismo…Aí vem mais essa…INACREDITÁVEL!! Tenho mãe, irmã, esposa…Imagino a revolta dessa família em busca de “justiça”!!! ONDE VAMOS PARAR??”

Giovanna Ewbank: “QUE ABSURDO!!!!!! Não consigo acreditar em tamanha barbaridade! Onde vamos parar?”

Entenda o caso: O ajudante geral Diego Ferreira de Novaes foi preso em flagrante na terça-feira (29), após se masturbar e ejacular em uma passageira dentro de um ônibus na Avenida Paulista. Ele recebeu liberdade em audiência de custódia na manhã desta quarta-feira, 30, e não vai mais responder a nenhum processo, pois a justiça entendeu que não houve estupro como havia dito a Polícia Civil. O homem tinha mais 15 passagens acusado pelo mesmo crime de assédio sexual.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS







Últimas notícias