More

    Em carta a deputados, Biden pede fim da pressão contra candidatura

    Data:

    Em uma carta enviada nesta segunda-feira (8) a deputados, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, confrontou membros de seu partido e recusou novamente o pedido dos democratas para que desista de concorrer à reeleição.

    ++ Cinco estados brasileiros governados por opositores nunca foram visitados por Lula, diz jornalista

    Assim, no documento, de duas páginas, Biden também pediu que os deputados deixem de pressionar por sua desistência.

    “É hora de acabar com isso”, disse Biden no documento.

    “Temos 42 dias para a Convenção Democrata e 119 dias para as eleições gerais”, disse Biden na carta, distribuída por sua campanha de reeleição. “Qualquer enfraquecimento da determinação ou falta de clareza sobre a tarefa que temos pela frente só ajuda Trump e nos prejudica. É hora de nos unirmos, avançarmos como um partido unificado e derrotar Donald Trump.”

    ++ Fraude bancárias do grupo Americanas já contabilizam mais de R$ 25 bilhões no país

    Com isso no documento, ainda de acordo com a AP, o presidente norte-americano disse ainda que os membros do Partido Democrata têm o dever de derrotar o candidato do Partido Republicano, o ex-presidente Donald Trump.

    A pressão para que Biden, candidato do Partido Democrata, desistisse de concorrer começou na semana passada, após o mau desempenho do presidente no primeiro debate eleitoral.

    O presidente, que se mostrou confuso, hesitante e pouco reativo durante praticamente todo o enfrentamento, admitiu não ter ido bem, mas vem insistindo que tem capacidade para seguir na disputa.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do Jetss

    Mais Recentes