More

    Alta corte de Nova York mantém ordem de silêncio contra Donald Trump

    Data:

    A mais alta corte de Nova York se recusou a ouvir o recurso de Donald Trump sobre uma ordem de silêncio contra o ex-presidente dos Estados Unidos, de acordo com uma lista de decisões publicada nesta terça-feira (18).

    ++ Em mais uma viagem internacional, Lula participará da Cúpula do G7 esta semana

    Assim, a ordem de silêncio, emitida pelo juiz Juan Merchan no processo criminal contra Trump, continua em vigor.

    Separadamente, o republicano pediu a Merchan que encerrasse a ordem de silêncio antes da divulgação de sua sentença, marcada para julho.

    Vale lembrar que o ex-presidente foi condenado por 34 acusações de fraude comercial relacionadas a pagamentos ocultos à estrela de filmes adultos Stormy Daniels.

    O advogado de Trump, Todd Blanche, não quis comentar o caso.

    ++ Explorando o diferente: Veja grandes filmes de ficção científica lançados nos últimos 5 anos

    Em março, pouco antes do início do julgamento, Merchan atendeu ao pedido dos promotores para aplicar uma ordem de silêncio que impedia Trump de fazer declarações públicas sobre quaisquer testemunhas, jurados e promotores do caso ou de funcionários do tribunal e membros de suas famílias.

    Trump não foi impedido de comentar sobre o juiz ou promotor distrital de Manhattan, Alvin Bragg.

    Merchan multou o ex-presidente em US$ 10 mil dólares (R$ 54 mil) por desacato criminal por violar a ordem de silêncio 10 vezes no início do julgamento.

    Além disso, levantou a possibilidade de que ele poderia ter que prender Trump se continuasse desrespeitando a medida.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do Jetss

    Mais Recentes