Entretenimento, Cultura e Lazer

Covid: Saiba se a variante Delta é mais perigosa para crianças

A comunidade pediátrica dos Estados Unidos tem se preocupado com a alta transmissibilidade da variante Delta do novo coronavírus aliada ao fato de que pessoas com menos de 12 anos ainda não começaram a ser vacinadas.

De acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças, o número de crianças com Covid-19 que precisaram de hospitalização aumentaram. A média é de 216, um índice que se iguala ao pico da pandemia no país no início de 2021.

Segundo o jornal The New York Times, profissionais da saúde que estão na linha de frente estão relatando mais casos de crianças gravamente doentes. Para os especialistas, a Delta pode ser uma das culpadas.

Richard Malley, especialista em doeças infecciosas do Hospital Infantil de Boston afirmou: “Todos estão um pouco nervosos com a possibilidade de que a variante Delta possa de fato ser, de alguma forma, mais perigosa em crianças”.

Contudo, ainda não existem evidências suficientes para sustentar a impressão dos médicos.

++ Vacinou e teve reação? Saiba o que fazer para amenizar os sintomas

“Não há constatação de diferença da Delta em relação às outras variantes. As crianças continuam sendo menos suscetíveis ao agravamento da doença e menos atingidas. Portanto, não há mudanças nas recomendações de cuidados devido à chegada da Delta”, afirmou Renato Kfouri, presidente do Departamento Científico de Imunizações da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

Para o epidemiologista da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), Gulnar Azevedo, embora as crianças tenham vantagem imunológica, elas estão mais expostas por não terem sidos vacinadas.

“Adultos totalmente imunizados transmitem menos carga viral para as crianças, protegendo-as. Por isso é muito importante se vacinar e é necessário acelerar a vacinação nos grupos prioritários para poder incluir as crianças. Infelizmente enfrentamos uma situação onde não há vacinas para todos, então precisamos criar escalas de prioridades”, finalizou.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS