Entretenimento, Cultura e Lazer

Estados Unidos anuncia doação de 6 milhões de vacinas para o Brasil e países da América Latina

O governo dos Estados Unidos anunciou na última quinta-feira (03) que o Brasil faz parte da lista de países que receberão o primeiro lote de doação de vacinas contra a Covid-19. Essa etapa conta com 25 milhões de doses e o país está incluso junto com nações da América Latina e América do Sul que receberão 6 milhões de doses.

++ Anitta diz que foi vacinada contra Covid-19 nos Estados Unidos: “Feliz e triste”

De acordo com informações da IstoÉ, há cerca de 15 dias, o presidente dos Estados Unidos anunciou a doação de 80 milhões de doses de vacinas até o fim de junho. Do montante de 25 milhões, cerca de 19 milhões serão alocadas pela Covax Facility, consórcio da Organização Mundial da Saúde (OMS). 

“Compartilhamos essas doses não por favores ou concessões. Compartilhamos essas vacinas para salvar vidas e liderar o mundo em direção ao fim da pandemia com o poder de nosso exemplo e nossos valores”, afirmou Biden em comunicado oficial. 

++ Confira quais famosos se vacinaram contra COVID-19 no exterior

Por meio da Covax Facility, o Brasil receberá as doses por estar incluso em um grupo de países com nações como Argentina, Colômbia, Costa Rica e Panamá, por exemplo, que terá acesso a 6 milhões de doses. Do primeiro lote, outras 7 milhões de doses serão doadas para a Ásia e 5 milhões para países da África.

As 6 milhões de doses “restantes” da primeira etapa serão ofertadas a parceiros regionais dos americanos, como a Coreia do Sul, Gaza, Iraque, Canadá e México, por exemplo. Além das nações, os trabalhadores que operam na linha de frente das Nações Unidas também serão contemplados com os imunizantes.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS