Entretenimento, Cultura e Lazer

“Cuidem dos velhos para não sentir o que senti”, diz homem que escalou hospital para se despedir da mãe

O homem de 30 anos que escalou as paredes de um hospital palestino para se despedir da mãe internada por Covid-19 emocionou o mundo nesta semana. A idosa de 73 anos acabou morrendo pela doença.

++ Pesquisa aponta que 56% dos brasileiros deseja mudar do país diante da crise do coronavírus

Muito emocionado, o filho disse que não deseja essa situação a ninguém: “Nunca imaginei viver essa situação, perder minha mãe assim. Não desejo isso para ninguém. Senti que o mundo se fechou à minha frente”, disse Jihad Al-Suwaiti em entrevista à emissora Palestine TV.

Jihad ainda contou que não sabe como tirou forças para escalar as paredes do hospital para encontrar a mãe. “O único lugar para acompanhar era aquela janela. Como cheguei lá? Sinceramente, não sei”, afirmou.

“Se eu tivesse a possibilidade, daria minha vida, minha alma para que ela ficasse viva por mais um tempo. Cuidem dos velhos para não sentir a amargura que senti”, acrescentou.

Rasmi, mãe de Jihad, tinha 73 anos e foi diagnosticada com a covid-19 quando enfrentava uma leucemia. Em entrevista à CNN Brasil, o irmão do homem, Youssef, disse que a mãe de ambos morreu enquanto o filho olhava pela janela.

O caso da Rasmi não foi o único na família. Dois filhos da mulher também foram diagnosticados com o novo coronavírus e ficaram hospitalizados com ela. Os três só foram separados quando a mãe foi levada para uma UTI do local.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS