Entretenimento, Cultura e Lazer

Entenda tudo o que se sabe sobre o rompimento de Harry e Meghan com a família real

Após a renúncia do príncipe Harry e sua esposa, a duquesa de Sussex, Meghan Markle, às funções da realeza, intitulado na web e pelos tabloides de ‘Megxit’ (uma referência ao Brexit), muitos rumores surgiram. O príncipe William comentou pela 1º vez a decisão do irmão mais novo, de acordo com o jornal Sunday Times. O jornal revelou que o segundo na linha de sucessão da monarquia britânica disse “estar triste por ele e o príncipe Harry serem agora entidades separadas, mas demonstrou esperança de que os dois se reunissem novamente no futuro”.

“Abracei meu irmão a vida toda e agora não posso mais fazer isso. Somos entidades separadas”,  teria confidenciado William a um amigo, ainda de acordo com a publicação, que ainda revelou mais detalhes de como estaria se sentindo o príncipe: “Estou triste com isso. Tudo o que podemos fazer e o que posso fazer agora é tentar apoiá-los e torcer para que um dia sejamos uma equipe novamente”, completou.

++ Finalista do “MasterChef: A Revanche” inaugura confeitaria em São Bernardo

Como a família recebeu a notícia

De acordo com a imprensa britânica, a notícia de que o casal deixaria as funções de nobreza no Reino Unido para ter “independência financeira”, trabalhando e tendo endereços fixos entre Inglaterra e Estados Unidos, teria deixado a família Windsor surpresa e furiosa, segundo o jornal The Evening Standard.

Harry teria contado aos integrantes sêniores de suas intenções, que pediram que ele oficializasse o pedido em um documento, por escrito. Quando a história vazou, porém, Harry decidiu fazer o anúncio oficial em seu site e redes sociais. De acordo com a BBC, Charles acreditava que o filho e a nora ainda estavam no início dessa transição. Sobre o anúncio, o Palácio de Buckingham  declarou apenas que “entendemos o desejo deles em seguir outro caminho, mas são questões complexas que levarão tempo para serem resolvidas”.

No fim de semana, a Rainha Elizabeth II convocou o príncipe Harry para uma reunião de emergência, que acontecerá hoje; o príncipe Charles, o primeiro na linha de sucessão, e o príncipe William, irmão mais velho de Harry, também estarão presentes no encontro, que deve acontecer na casa de campo da rainha em Sandringham, no leste do Reino Unido. Já Meghan Markle, que está no Canadá, deve participar da reunião ao telefone.

++ Kim Kardashian mostra sua geladeira e choca os fãs: ‘Maior que meu quarto’

Após a repercussão internacional deste rompimento, o famoso museu de cera Madame Tussauds, em Londres, separou as estátuas do casal do restante da família real britânica. Em um comunicado oficial, o diretor do museu, Steve Davies, noticiou que “os personagens de Harry e Meghan não aparecerão mais na instalação que reúne a rainha Elizabeth 2ª com os outros membros da família real”.

O diretor ainda ressaltou que “Como duas de nossas figuras mais populares e queridas, eles [Harry e Meghan, duques de Sussex] continuarão sendo parte importante no Madame Tussauds London, enquanto aguardamos o que o próximo capítulo reserva para o casal”.

Futuro de Meghan

A duquesa de Sussex poderá emprestar sua voz para dublagem de um filme da Disney, de acordo com The Times em notícia divulgada no último sábado (11) sem fonte divulgada.

Ainda de acordo com o veículo, o cachê de Meghan será doado para uma organização que faz caridade e que protege elefantes. Detalhes sobre qual personagem ou de que animação se trata não foram revelados, e os rumores não  foram confirmados pela porta-voz da duquesa.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.