Entretenimento, Cultura e Lazer

Príncipe William dá melhor resposta ao ser questionado sobre ter filho gay

 

Para celebrar o mês do orgulho LGBT, o príncipe William visitou nesta quarta-feira (26) o Albert Kennedy Trust, uma organização voluntária que atende lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros que têm problemas de moradia.

++ Entenda por que o príncipe William não usa aliança

De acordo com a revista People, durante o evento, um jornalista perguntou ao príncipe como ele reagiria se um dos seus três filhos for homossexual. Pai do príncipe Louis (1), da princesa Charlotte (4) e do príncipe George (5), disse: “Você sabe que eu tenho pensado nisso recentemente, porque outros pais também disseram isso para mim. Eu acho que você não começa a realmente pensar nisso até que você seja pai e eu penso que: absolutamente tudo bem por mim”, afirmou.

William ressaltou que tem medo do preconceito que os pequenos poderiam sofrer ao se declararem LGBTs, especialmente por eles estarem sempre nos holofotes. “A única coisa que eu me preocuparia é como eles, principalmente pelos cargos que as crianças têm, serão interpretados e vistos. Então, eu e Catherine temos conversando bastante sobre o assunto para que eles estejam preparados caso isso aconteça”.

Não é a primeira vez que o príncipe se posiciona sobre o assunto. Em junho de 2016, ele posou para a capa da revista Attitude em apoio à causa LGBTQ+ e disse: “Ninguém deveria ser discriminado pela sua sexualidade ou por qualquer outro motivo”.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS