Entretenimento, Cultura e Lazer

Brad Pitt e Chris Evans criticam parada hétero que está sendo organizada nos EUA

 

Junho é o mês do Orgulho LGBT, mas, alguns grupos héteros radicais querem, à todo custo, ofuscar a celebração. Nos Estados Unidos, uma parada hétero está sendo organizada para este mês, o que revoltou os atores Brad Pitt e Chris Evans.

++ 20 nail arts perfeitas para celebrar o mês do orgulho LGBT

O intérprete de Capitão América disse nas redes sociais que estes eventos representam pensamentos homofóbicos reprimidos“Uau! Que iniciativa legal, parceiros. Mas só uma ideia, em vez de parada do ‘Orgulho Hétero’, que tal a parada do ‘Estamos tentando desesperadamente esconder nossos pensamentos gays sendo homofóbicos porque ninguém nos ensinou a lidar com nossas emoções quando éramos crianças’? O que acham? Fica muito na cara?”, publicou Chris Evans no Twitter.

Chris foi mais à diante e compartilhou em suas redes sociais um texto do escritor James Fell explicando porque um hétero não tem motivos para sentir orgulho de sua orientação sexual.

“Para aqueles que não entenderam a diferença, veja abaixo. Em vez de ficarem bravos (o que é apenas um medo daquilo que você não entende) tire um momento para buscar por empatia e crescimento”, completou.

Brad Pitt, de acordo com o site Refinery29, está irritado depois de ter sua imagem associada com uma parada do Orgulho Hétero em Boston. O evento é organizado pelo Super Happy Fun America – espécie de entidade de defesa dos heterossexuais.

A organização ressalta que celebra a “história, cultura e contribuições da comunidade hétero” e criou um cartaz de divulgação fazendo analogias ao filme Sr. & Sra Smith. Além disso, inseriram uma fotografia de Jennifer Aniston envolvendo uma toalha na cintura de Pitt.

“A comunidade heterossexual adotou Brad Pitt como o nosso mascote! Parabéns ao Sr. Pitt por ser o rosto deste importante movimento social. Direitos heterossexuais são direitos humanos!”, celebrou o Super Happy Fun America.

Brad Pitt exigiu que sua imagem fosse removida do site oficial, o que ainda não foi realizado. Mesmo sendo hétero sexual, o ator é à favor direitos da comunidade LGBT e em 2008 doou mais de 100 mil dólares para organizações de apoio ao casamento entre pessoas do mesmo sexo na Califórnia.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS