Entretenimento, Cultura e Lazer

Palácio de Kensington se posiciona após apelido controverso dado a Meghan Markle por funcionários

 

De acordo com o jornal britânico The Sun, os funcionários do Palácio de Kensington deram um apelido controverso para Meghan Markle.

++ Comportamento de Meghan Markle estaria desagradando funcionários do Palácio

A publicação diz que a duquesa de Sussex estaria sendo chamada por um apelido controverso pela equipe do Palácio de Kensington: “Me-Gain”, uma mistura de Meghan com “migraine”, enxaqueca, em inglês.

Ainda de acordo com uma fonte do jornal britânico, o príncipe Harry, marido de Meghan, teria ficado bastante incomodado com o novo apelido da esposa. “Ele ficou com raiva e chateado, mas também vai querer manter a cabeça baixa e proteger Meghan“, disse o informante.

Diante disso, o Palácio de Kensington precisou se posicionar e negou à publicação que a duquesa de Sussex não teria um bom relacionamento com a equipe de funcionários do Palácio. O mesmo disse que o apelido “Me-Gain” não existe.

Os boatos começaram depois que Meghan perdeu três funcionários desde seu casamento com o príncipe Harry. De acordo com a imprensa britânica, a duquesa é muito autoritária. Ela gosta de começar a trabalhar às cinco da manhã, manda muitas mensagens cobrando os funcionários e é muito controladora.

Vale lembrar que essa não é a primeira vez que Meghan ganha apelidos. Como já dissemos aqui no JETSS, em novembro do ano passado, o jornal Daily Mail revelou que a equipe que trabalha com ela também a chamava de “Furacão Meghan”, por conta do seu jeito “mandão”.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS