More

    Vereadores e Secretário Municipal de Palmares do Sul são suspeitos de desviar doações para o RS

    Data:

    Em Palmares do Sul, no Rio Grande do Sul, três vereadores e um secretário municipal estão sob investigação por suspeita de desviar doações destinadas às vítimas de uma tragédia ambiental que afetou mais de 2,3 milhões de pessoas em 476 cidades gaúchas. A informação foi confirmada pelo presidente da Câmara Municipal, Sérgio Gil (PDT), no domingo (9).

    ++Homem é assassinado a tiros em Vila Isabel, Zona Norte do Rio de Janeiro

    Os vereadores Filipe Lang (PT), Manoel Antunes (PL), Polon de Oliveira (União Brasil), e o secretário municipal de Administração, Rodrigo Machado Martins, estão entre os investigados na Operação Desvio, conduzida pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público estadual (MP-RS), com o apoio da Polícia Civil.

    ++Grupo empresarial catarinense é alvo de investigação por fraudes fiscais que superam R$ 56 milhões

    A operação teve duas fases na semana passada. Na terça-feira (4), quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos, incluindo contra Antunes, sua companheira e Martins. Documentos, mídias eletrônicas e produtos doados foram apreendidos. No sábado (8), mais 11 mandados de busca e apreensão foram executados, com dois mandados cumpridos em endereços ligados a Lang e Polon. Lang, pré-candidato a prefeito, foi detido por posse irregular de arma de fogo, mas liberado após pagar fiança. Polon é pré-candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Lang.

    O MP-RS informou que as denúncias de apropriação indébita, peculato e associação criminosa já estão sendo apuradas e comprovadas, apontando que os investigados desviaram donativos em troca de votos futuros. “Parte destes donativos foi encaminhada para famílias não flageladas, conforme planilhas apreendidas”, disse o promotor Mauro Rockenbach.

    A Polícia Civil apreendeu uma grande quantidade de donativos, dinheiro, telefones celulares, documentos, um revólver sem registro e munições durante a ação do sábado (8). O presidente da Câmara Municipal, Sérgio Gil, afirmou que estão aguardando informações do MP para decidir as medidas a serem adotadas.

    Filipe Lang, em vídeo divulgado na terça-feira, confirmou que foi intimado a prestar informações ao MP sobre a destinação de 18 toneladas de donativos para o distrito do Quintão, justificando que optou por entregá-los a um grupo de voluntários em vez da prefeitura.

    A Agência Brasil não conseguiu contato com os três vereadores envolvidos.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do Jetss.

    Mais Recentes