More

    PF e CGU investigam fraude na carteira de vacina de Bolsonaro em São Paulo

    Data:

    A Policia Federal (PF), que está investigando a inserção de dados falsos sobre a vacinação da Covid-19, nos sistemas do Ministério da Saúde, que também encontrou no ConecteSUS do ex-presidente, Jair Bolsonaro (PL), o registro de uma dose única da Janssen, aplicada em São Paulo.

    ++Polícia Federal cumpre mandato de busca e apreensão na casa de Jair Bolsonaro e prende ex-funcionário

    Além das duas doses supostamente aplicadas da Pfizer, em Duque de Caxias (RJ), lugar em que a PF está investigando sobre o funcionamento de uma organização criminosa composta por funcionários da prefeitura e servidores da cidade. O sistema do Ministério da Saúde, identificou uma aplicação no sistema, do presidente no dia 21 de julho de 2021.

    ++Nova operação da PF por fraude em cartão de vacina contra ex-integrantes do GSI ligados a Bolsonaro

    A aplicação da vacina, teria ocorrido na UBS Parque Peruche, na Zona Norte de São Paulo. Após a inserção de dados falsos na conta do ex-mandatário no ConecteSUS, foram omitidos quatro vezes o comprovante de aniversário.

    A investigação que está sendo conduzida pela Controladoria-Geral da União (CGU), e segundo os registros, os dados foram inseridos no sistema entre o primeiro e segundo turno das eleições de 2022, cerca de mais de um ano após a aplicação da suposta vacina, o que indica fraude.

    Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.

    Mais Recentes