Entretenimento, Cultura e Lazer

Fiocruz alerta que Covid-19 pode ser mais agressiva em reinfecção

Os cientistas da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e do Instituto D’Or de Ensino e Pesquisa (Idor) divulgaram um estudo, que ainda está na fase preliminar, mostrando evidências de que a Covid-19 pode ser mais agressiva em casos de reinfecção.

Pessoas que tiveram quadros leves, moderados e até assintomáticos da doença podem não ter desenvolvido a imunidade desejada e adequada. Em um possível segundo contato com o novo coronavírus, isso pode levar ao risco de apresentar uma resposta inflamatória mais intensa, com sintomas mais fortes.

++ Fiocruz entregará 1,3 milhão de doses de vacina nessa sexta (02/04)

O estudo usou o casos de reinfecções registrados no Rio de Janeiro e os dados foram publicados em versão pré-print, ou seja, ainda precisam ser revisados por outros cientistas.

Os cientistas reforçam que os dados apontam a necessidade de manter o uso das máscaras, higiene das mãos e o distanciamento social, mesmo para quem já tenha contraído a Covid-19.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS.