Entretenimento, Cultura e Lazer

Covid: É confirmada a primeira morte por reinfecção de variante no Brasil

Foi confirmada, nessa terça-feira (20), a primeira morte por reinfecção de variante da Covid-19 no Brasil por um estudo do Laboratório de Microbiologia Molecular da Universidade Feevale (RS).

A vítima foi um homem do Rio Grande do Sul, de 39 anos e com histórico de doença cardiovascular crônica e diabetes. Na primeira vez que foi diagnosticado, no final de novembro de 2020, o paciente tinha sido infectado com a variante P.1. Nessa ocasião, ele não apresentou sintomas.

Já a segunda infecção foi confirmada em março deste ano, e, segundo exames, a responsável foi a variante P.2. “No segundo episódio, o paciente apresentou como sintomas dispneia (falta de ar), fadiga e dificuldade respiratória; e saturação menor que 95% como sinal clínico”, diz o estudo. O homem foi transferido para a UTI, intubado, mas não resistiu.

++ Índice de eficácia da vacina Sputnik V é atualizado para 97,6%

As amostras do vírus no paciente foram sequenciadas nas duas vezes em que o homem adoeceu e por isso este é o primeiro caso confirmado de morte após reinfecção. O outro óbito relatado, de um homem de 44 anos, não foi sequenciado duas vezes.

O caso também mostra que a variante P.1. estava presente no Rio Grande do Sul já em novembro, antes de ter sido oficialmente identificada. No entanto, os pesquisadores acreditam que este é um caso isolado.

Além disso, os cientistas chamam a atenção para o fato de que as variantes P.1 E P.2 possuem a mesma mutação, que tem relação ao escape de anticorpos em pessoas que já foram infectadas previamente.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.