Entretenimento, Cultura e Lazer

Eleições: 70% da geração Z se informa sobre os candidatos nas redes sociais

Faltando poucos dias para as eleições municipais no Brasil, as redes sociais estão sendo agitadas por memes, debates acalorados, filtros e transmissões ao vivo.

Os jovens da Geração Z, é claro, não poderiam ficar de fora e estão tratando do tema em todas as suas redes, entre elas o Yubo – uma plataforma social focada em fornecer um ambiente online seguro onde os jovens têm a liberdade de socializar com pessoas de sua própria faixa etária.

++ Se as eleições fossem hoje, Bolsonaro seria reeleito, revela pesquisa

Para mapear as preferências dos usuários brasileiros sobre política, o aplicativo conduziu este mês uma pesquisa com mais de três mil respondentes.

De acordo com os dados da pesquisa, dos jovens ouvidos por Yubo que irão votar neste ano, 39% afirma que pretende votar em candidatos do Partido dos Trabalhadores (PT) ou do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL).

Por serem nativos digitais, quase 70% dos respondentes afirmou que usa somente as redes sociais para se atualizar sobre o tema. Muitos desses jovens também utilizam as redes para se posicionar sobre política e discutir assuntos relevantes para a escolha de um novo prefeito ou vereador em sua cidade. Entre os usuários do Yubo, 52% se consideram politicamente ativos nas redes sociais e somente 38% preferem evitar estes temas e apenas acompanhar os posts sobre o assunto.

Prioridades na política

Os jovens da Geração Z estão atentos às propostas dos candidatos e têm algumas prioridades na hora de escolher quem levará os seus votos.

Em primeiro lugar, com votos de 70% dos usuários, está a preocupação do político com os cuidados essenciais à população, com a construção e manutenção de escolas, hospitais e auxílios do governo para quem mais precisa

Para 45% dos respondentes, é prioritário que o candidato faça parte ou apoie grupos LGBTQ+, negros ou deficientes.

Em terceiro lugar, 40% dos jovens afirmam que sua prioridade para escolher um candidato é a realização de melhorias em obras de infraestrutura, como saneamento básico, transporte público e trânsito.

Outro assunto que reflete nas preferências políticas dos jovens é a visão da própria família sobre o assunto. 55% deles disseram que têm, em partes, o mesmo direcionamento e opiniões de seus pais. Por outro lado, 21% têm ideias totalmente diferentes, o que pode significar bastante dor de cabeça ou ainda debates enriquecedores com a própria família.

“Como acontece frequentemente, os jovens veem nas redes sociais uma plataforma para trocar ideias e entender sobre política e isso ressalta a importância de transformar esses ambientes em um espaço seguro. Yubo se posiciona como esse espaço social em que a geração Z consegue conversar sem medo de retaliação ou métricas de engajamento”, diz Sacha Lazimi, cofundador e CEO do Yubo.

O Yubo possui um modelo que evita a divulgação de notícias falsas, já que o App é focado em conversas em tempo real entre pequenos grupos de pessoas e não promove conteúdo para grandes públicos.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS