Entretenimento, Cultura e Lazer

Lima Duarte critica Regina Duarte

Convidado do “Conversa com Bial”, apresentado pelo jornalista Pedro Bial, na noite desta quinta-feira (21), o ator Lima Duarte guardou o final da entrevista para polêmica. Ele fez fortes críticas a ex-secretária de cultura e seu envolvimento com o presidente Jair Bolsonaro.

++ Lima Duarte critica Regina Duarte

“Me lembrou chapeuzinho vermelho. O chapeuzinho perdido encontrou com o lobo, se abraçaram, vamos casar, não casou, vamos casar, casou. Eu tava esperando o resultado do casamento”, revelou o ator na conversa, gravada de forma remota.  “Eu acho que ela caiu quando entrou”, afirmou.

Quando o ator Flavio Migliaccio morreu, um vídeo de Lima Duarte lamentando o suicídio do ator mas dizendo entender sua tristeza viralizou. Na época, ele encerrava afirmando que “os que lavam a mão, lavam com sangue”. Durante a entrevista com Bial, ele fez questão de descrever a importância do fazer artístico em tempos de pandemia.

“Eu quero dedicar isso a ex-secretária de Cultura Regina Duarte. Democracia e arte. Reinventar a democracia, democratizar a arte. A democracia é invenção constante, é a criação contínua de novas formas de vida coletiva em liberdade. A arte é o exercício de possibilidades. É projeto e antecipação do conhecimento futuro e da ação de transformação do mundo. Não seguiu isso, dançou. E vai dançar! A arte é a forma de vida coletiva em liberdade. A arte é um exercício de possibilidades.”, sintetizou o ator.

Regina Duarte foi a quarta pessoa a frente da cultura no Brasil. Sua gestão durou pouco mais de 70 dias e recebeu críticas por poucas ações em prol de artistas e produtores culturais. Ela substituiu o diretor teatral Roberto Alvim, demitido após usar parte do discurso de um ministro da Alemanha nazista.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS