Entretenimento, Cultura e Lazer

Procon: Confira os produtos proibidos de serem cobrados como material escolar em 2020

Na última sexta-feira (03), o Procon do Pará divulgou uma relação de itens escolares, elencando os que podem e não podem ser cobrados na lista de material escolar fornecida pelas escolas – visando proteger o consumidor de possíveis imposições que podem o prejudicar.

O órgão ainda ressaltou a necessidade de na lista fornecida pela instituição de ensino, estarem elencados apenas artigos relacionados ao uso pedagógico. Com isso, o Procon listou os itens que não devem constar na relação de material escolar. Confira:

  • Álcool hidrogenado;
  • Álcool Gel;
  • Algodão;
  • Agenda escolar da Instituição de Ensino;
  • Bolas de sopro;
  • Balões;
  • Canetas para quadro branco;
  • Canetas para quadro magnético;
  • Clips;
  • Copos, pratos, talheres e lenços descartáveis;
  • Elastex;
  • Esponja para pratos;
  • Fita para impressora;
  • Giz branco;
  • Giz colorido;
  • Grampeador;
  • Grampos;
  • Lã;
  • Marcador para retroprojetor;
  • Medicamentos ou materiais de primeiros socorros;
  • Material de limpeza em geral;
  • Papel higiênico;
  • Papel convite;
  • Papel ofício;
  • Papel para copiadora;
  • Papel para enrolar balas;
  • Papel para impressoras;
  • Papel para flipchart;
  • Pastas classificadoras;
  • Pasta de dentes;
  • Pincel atômico;
  • Pregador de roupas;
  • Plástico para classificador;
  • Rolo de fita adesiva kraft;
  • Rolo de fita dupla face;
  • Rolo de fita durex;
  • Rolo de fita durex colorida grande;
  • Rolo de fita gomada;
  • Rolo de fita scolt;
  • Sabonete;
  • Saboneteira;
  • Sacos de presente;
  • Sacos plásticos;
  • Xampu;
  • Tinta para impressora;
  • Tonner;
  • Pen drive.

Dentre os produtos permitidos a serem pedidos aos pais e responsáveis estão: algodão (até 1 pacote); até 1 brinquedo; até 1 estojo de caneta hidrocor; CD-R; Cordão; Canudinhos; Cola branca; Cola colorida; Cola gliter; Envelopes; Fitas decorativas; Fitilhos; Folhas de cartolina; Folhas de isopor; Gibis ou hqs; Glitter/Porpurina; Lenços umedecidos; Livro infantil; Massa para modelar; Pasta suspensa; Papel A3, até 300 (trezentas) folhas; Papel A4, até 300 (trezentas) folhas; Papel ofício colorido, até 300 (trezentas) folhas; palito de picolé; Pincéis para pintura; TNT e Tubos de tintas,em que as cores ficam sob o critério da instituição de ensino, que poderá avaliar o melhor uso a se fazer dos materiais.

É necessário salientar que neste período, por conta das exigências de alguns materiais por parte da escola, muitos pais e responsáveis ficam confusos quanto ao que é realmente necessário, por isso, listas como estas divulgadas por um órgão do porte do Procon fazem com que sejam esclarecidas algumas dúvidas.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.