Entretenimento, Cultura e Lazer

Luisa Mell desabafa após morte da Ursa Marsha: “Coração em pedaços”

 

A ursa Marsha, que ficou conhecida no mundo todo como a “ursa mais triste do mundo”, faleceu nesta quarta-feira (24) em decorrência de um câncer no ovário.

++ Após resgate em 2018, Luisa Mell mostra antes e depois da ursa Marsha: “Emocionante”

O caso da ursa Marsha ganhou repercussão em novembro do ano passado, quando uma petição online pedia a transferência dela, alegando que a permanência do animal no Piauí seria prejudicial à saúde devido às altas temperaturas. O movimento ganhou adesão de artistas nacionais.

Em seguida, uma equipe formada por biólogos, veterinários e ativistas resgataram a ursa Marsha do Parque Zoobotânico em Teresina e a levaram para um santuário no estado de São Paulo construído pela equipe de Luisa Mell.

Desde então a ativista vinha mostrando as mudanças da ursa que ganhou um espaço enorme só para ela, com piscina, brinquedos e muito carinho. Infelizmente, nesta quarta-feira (24), Marsha, que era chamada de Rowena por Luisa Mell, faleceu.

Em suas redes sociais, Luisa desabafou e compartilhou diversos vídeos da ursa. “Eu n tô conseguindo escrever um post a sua altura… a ursa que tanto sofreu, que fez um país discutir cativeiro, animal em entretenimento… minha Amiga ursa. Minha Marsha, Nossa Rowenna… meu coração ainda n se recuperou do susto ao receber a triste notícia de q vc nos deixou… que tristeza”, escreveu na legenda de um vídeo que mostra a ursa brincando em seu novo santuário.

Em seguida, Luisa fez um longo texto e falou sobre todo o sofrimento que a ursa aguentou durante 30 anos. “Com o coração em pedaços. É como me sinto por saber que nossa ursa Rowena, faleceu. Depois de tanto sofrimento, décadas de exploração, quando ela finalmente encontrou a paz, Deus a levou. Quero acreditar que ela cumpriu sua missão aqui e em paz, livre da exploração e do sofrimento que passou durante mais de 30 anos, descansou. Que sua vida, que sua existência, não tenham sido em vão, mas sirvam de exemplos para que a exploração do tráfico de animais, circos e zoológicos não façam mais vítimas como ela!”.

“Esteja onde estiver, saiba que eu a amei com todo o meu coração e tenho por você o mais profundo respeito. Em nome de toda a humanidade, me desculpe por todo o sofrimento que nós, humanos, lhe causamos e obrigada por ter me dado a honra de ajuda-la e de poder amá-la. Prometo que, enquanto viver, preservarei sua memória. Descanse em paz.”, disse.

Luisa terminou a carta agradecendo a todo que ajudaram a salvar a ursa. “Obrigada também a cada pessoa que direta ou indiretamente se envolveu em seu resgate e ajuda, especialmente ao Rancho dos Gnomos nas pessoas do Marcos e Silvia, que dedicavam-se diariamente a ela.”

View this post on Instagram

Com o coração em pedaços. É como me sinto por saber que nossa ursa Rowena, faleceu. Depois de tanto sofrimento, décadas de exploração, quando ela finalmente encontrou a paz, Deus a levou. Quero acreditar que ela cumpriu sua missão aqui e em paz, livre da exploração e do sofrimento que passou durante mais de 30 anos, descansou. Que sua vida, que sua existência, não tenham sido em vão, mas sirvam de exemplos para que a exploração do tráfico de animais, circos e zoológicos não façam mais vítimas como ela! Esteja onde estiver, saiba que eu a amei com todo o meu coração e tenho por você o mais profundo respeito. Em nome de toda a humanidade, me desculpe por todo o sofrimento que nós, humanos, lhe causamos e obrigada por ter me dado a honra de ajuda-la e de poder amá-la. Prometo que, enquanto viver, preservarei sua memória. Descanse em paz. Obrigada também a cada pessoa que direta ou indiretamente se envolveu em seu resgate e ajuda, especialmente ao Rancho dos Gnomos nas pessoas do Marcos e Silvia, que dedicavam-se diariamente a ela.

A post shared by Luisa mell (@luisamell) on

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS