Entretenimento, Cultura e Lazer

Najila Trindade entra com a cabeça coberta para depor contra Neymar Jr.

A modelo Najila Trindade chegou à Delegacia de Defesa da Mulher, na manhã desta sexta-feira (7), para prestar depoimento sobre a acusação de estupro contra Neymar. Acompanhada de seus advogados, ela cobria a cabeça com um casaco preto.

Segundo investigadores que acompanham o caso, a polícia já recebeu o laudo do Hospital Pérola Byington, referência no estado de São Paulo para saúde da mulher, sobre as agressões que a modelo sofreu. Feito em 31 de maio, duas semanas depois do encontro da mulher com Neymar em Paris, o documento conclui que houve lesão em um dos dedos de Najila.

Os advogados de Najila entregaram para a polícia um relatório médico particular. Feito por gastroenterologista Luiz Campedelli em 21 de maio, seis dias após o encontro em Paris, o documento diz que a mulher que acusa Neymar de estupro apresentava hematomas nos glúteos, edema e se queixava de um “quadro de ansiedade”.