Entretenimento, Cultura e Lazer

Longa brasileiro concorre a melhor filme estrangeiro no Oscar 2019

 

87 países inscreveram seus longas-metragens para concorrer a uma vaga na categoria de Melhor Filme Estrangeiro no Oscar 2019. Destes, apenas cinco serão selecionados para participar da premiação.

++ Os looks mais “diferentes” que as celebridades já usaram no Oscar

Neste ano, o Brasil tentará uma vaga na disputa pelo prêmio de Melhor Filme Estrangeiro no Oscar 2019 com o drama “O Grande Circo Místico”, de Cacá Diegues. A história do filme gira em torno de uma família circense e atravessa cinco gerações de sua história a partir da perspectiva de Celavi (personagem de Jesuíta Barbosa), um mestre de cerimônias que nunca envelhece. Rodado em Lisboa em 2015, é uma coprodução Brasil, França e Portugal.

A seleção é feita pelos membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Diferentemente das outras categorias, nem todos são obrigados a votar – participam somente aqueles que se comprometerem a assistir a pelo menos 12 filmes participantes.

Outros países entram na disputa com grandes filmes. Um dos favoritos é o longa Roma, dirigido pelo mexicano Alfonso Cuarón. O filme, vencedor do Leão de Ouro no Festival de Veneza, tem o enredo baseado em memórias de infância do diretor, na Cidade do México. Cuarón já foi vencedor do Oscar de melhor diretor em 2014, pelo seu trabalho em Gravidade.

Outro filme que tem muitas chances de levar a estatueta é o representante colombiano Pájaros de Verano, de Cristina Gallego e Ciro Guerra, a dupla responsável pelo elogiado O Abraço da Serpente, obra que levou a Colômbia pela primeira vez à categoria de Melhor Filme Estrangeiro, há dois anos.

Os finalistas ao Oscar 2019 serão anunciadas em 22 de janeiro, e a cerimônia ocorre em 24 de fevereiro. A premiação será transmitida em mais de 225 países de todo o mundo.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS