Entretenimento, Cultura e Lazer

Protesto é criado por fãs de Sandy para expor injustiças na escolha de quem a conhece pessoalmente

Fãs se chateiam por quererem encontrar Sandy (Foto: Reprodução / TV Globo)
Fãs se chateiam por quererem encontrar Sandy (Foto: Reprodução / TV Globo)

Os fãs de Sandy estão tudo menos satisfeitos. Diversos fã-clubes se uniram para protestar contra, segundo eles, um privilégio de quem vai conhecer o camarim e tirar foto com a cantora. Até uma conta no instagram foi criada para criticar esse fato e mostrar que, praticamente toda vez, são as mesmas pessoas que acabam sendo escolhidos. Seus admiradores e fãs contestam os critérios que são utilizados nesse processo de escolha.

++ Sandy promete mudanças como jurada na próxima edição do reality SuperStar

Ao jornal EXTRA, tanto uma fã quanto a assessoria tinham coisas divergentes a dizer. “Temos uma relação com vários fã-clubes cadastrados. Os presidentes e vice-presidentes nos relacionam a lista de candidatos. Fazemos o sorteio e divulgamos a lista nas redes sociais dela! Temos também sorteio de vagas pelo Twitter”, disse sua assessoria. Enquanto sua fiel seguidora se limitou a dizer: “A verdade é que a única vaga que é aleatória e justa acaba por ser a do Twitter”, contestando a primeira fala.

Por respeito à cantora, a conta na rede social foi apagada já na tarde dessa quinta-feira, 12. Porém, o descontentamento e sentimento de injustiça proveniente de seus fãs continua o mesmo. : “Existe um tempo de bloqueio de apenas seis meses para os sorteados. Isso é ridículo considerando que a Sandy faz poucos shows. O bloqueio deveria ser por turnê ou mais, por dois anos, pelo menos. Se pegar as listas de sorteados esse ano com a do ano que vem, você já desconfiaria da sorte deles”, indigna-se outro fã. “O acesso de fãs ao camarim é algo que a cantora sempre tratou com muito respeito, carinho e dedicação”, rebate a assessoria.

A conta no instagram criada para denunciar as injustiças já foi apagada (Foto: Reprodução / Instagram)
A conta no instagram criada para denunciar as injustiças já foi apagada (Foto: Reprodução / Instagram)

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS