Entretenimento, Cultura e Lazer

Com rosto coberto, Oscar Pistorius é levado até tribunal na África do Sul nesta sexta-feira, 15.

Na manhã desta sexta-feira, o atleta paralímpico deixou a prisão onde passou a noite escondendo o rosto com um casaco preto após dormir na cadeia. O sul-africano Oscar Pistorious, acusado de assassinar a namorada e modelo Reeva Steenkamp, está sendo levado para o Tribunal de Pretória onde terá analisado o pedido de fiança.

O porta-voz policial Denise Beukes revelou que as autoridades locais já tinham sido chamadas para a casa de Pistorius em ocasiões anteriores, depois de ligações de vizinhos relatando problemas de "natureza interna". Segundo a polícia, apenas o casal estava na casa na hora do crime. Reeva Steenkamp estava com Pistorius há cerca de um ano. Ela foi considerada a 40ª mulher mais sexy do mundo, segundo a FHM (For Him Magazine), internacional revista destinada ao público masculino.

Oscar Pistorius tinha uma ligação bem próxima com armas e atirava com uma certa regularidade. O atleta tinha uma pistola 9mm em casa.

Em um primeiro instante, segundo a imprensa local, as investigações consideraram que o atleta sul-africano teria confundido a namorada com um ladrão e efetuado os disparos. Mas após ouvir relatos de testemunhas que contaram detalhes de outros incidentes envolvendo os dois, a polícia teria mudado a linha da investigação. E, agora, suspeita de assassinato premeditado. Após prestar depoimento, Pistorius foi levado a uma clínica em Joanesburgo para realizar exames de sangue e de corpo de delito.