More

    Pesquisa aponta danos cerebrais após infecção de Covid-19

    Data:

    Uma pesquisa recente apontou que eventuais problemas no cérebro não acontecem porque o vírus danifica o cérebro, mas sim porque os pulmões não conseguem enviar oxigênio suficiente para ele o que acaba culmina em danos na região. 

    Com o avanço nos estudos sobre os efeitos que a covid-19 causa no corpo, descobriu-se nos primeiros meses de pandemia que, entre os seus efeitos colaterais, o vírus pode causar algumas alterações no cérebro. No entanto, agora cientistas apontam que o vírus nem mesmo toca neste órgão, mas pode afetá-lo consideravelmente. 

    De acordo com informações do jornal mexicano El Heraldo, estudo recente publicado na revista Brain, e conduzido pela Columbia University, nos Estados Unidos, o vírus SARS-CoV-2 não é capaz de se integrar às células cerebrais. Entretanto, especialistas apontam que para determinar como ocorriam problemas como confusão, perda de memória e dificuldade em falar ou ler, eles realizaram autópsias em pacientes que tiveram Covid-19. 

    ++ ‘BBB21’: Enquete aponta eliminação de João Luiz

    Os resultados mostraram que não havia vestígios de alterações nos neurônios ou na massa encefálica, mas após o sequenciamento, eles descobriram algumas coisas que indicam que pode haver RNA do vírus. 

    James Goldman, o principal pesquisador do estudo, explicou que cérebros de pessoas falecidas foram analisados e eles acreditam que esses efeitos colaterais são na verdade causados por outros problemas no corpo. Os pesquisadores afirmam que o que realmente afeta o cérebro é que outros órgãos, como os pulmões, infectados pelo coronavírus, podem enviar detritos ao cérebro pela corrente sanguínea e, quando ocorre um derrame, é quando se espalham na zona. 

    Ao final, os cientistas concluíram que a maioria dos problemas no cérebro, principalmente os relacionados à memória, não ocorre porque o vírus danifica o cérebro, mas porque os pulmões não conseguem enviar oxigênio suficiente para ele, causando a morte de alguns neurônios. 

    Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  e também no Instagram para mais notícias do JETSS. 

    Mais Recentes