Entretenimento, Cultura e Lazer

Chanel não usará mais peles exóticas em suas roupas

Ponto para o meio ambiente: a Chanel anunciou que não usará mais peles exóticas em suas produções futuras!

++ Chanel lança sua primeira coleção de maquiagem masculina

Isso mesmo que você leu, caro leitor! Em entrevista ao site WWD, Bruno Pavlovsky, presidente de moda da grife, afirmou que a Chanel começará uma nova linha de produtos de qualidade sem esses materiais.

Ao invés de usar peles de crocodilo, lagarto, arraia e cobra, a marca irá substituir por tecidos industriais e coros gerados pela “agri food” (produção de alimentos pela agricultura).

Além da conscientização, Pavlovsky admitiu que era complicado encontrar matérias primas que estivessem dentro dos padrões exigidos pela Maison.

A Chanel não foi a única a aderir a esta iniciativa! Durante 2018, outras grandes marcas anunciaram o fim do uso destes tecidos animais. A lista inclui Jean Paul Gaultier, Burberry, Donna Karan/DKNY, Versace, entre outros. A moda se reinventa e o meio ambiente agradece!

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS