Entretenimento, Cultura e Lazer

Donatella Versace condena uso de pele animal na moda: “Não sinto que é certo”

Donatella Versace deu sua opinião sobre o uso de pele animal nas criações de sua marca.

++ Após ganhar concurso para empreendedores de comunidades carentes, jovem lança coleção com marca famosa

Em entrevista ao “The Economist 1843”, a estilista afirmou que não concorda com este uso: “Pele? Estou fora!”. E ainda continuou sincera: Não quero matar animais para fazer moda. Não sinto que isso é certo”.

De uns tempos para cá, algumas grifes estão deixando de colocar este material em suas peças. Como é o caso da Gucci que, além de abolir, também afirmou, através do presidente Marco Bizzarri, que é algo antiquado.

Tom Ford, Givenchy e Michael Kors foram outras labels que condenaram a pele animal nas roupas. Entretanto, a opinião de Versace tem um impacto mais profundo, já que suas criações são sinônimos de luxo e poder. Além disso, até agora permanecia longe de qualquer polêmica sobre o tema.

Em seu ultimo desfile de primavera, Donatella estampou as palavras união, amor, lealdade e coragem na coleção, mostrando que sua visão da moda está mudando e que outros estilistas devem segui-la.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS