Entretenimento, Cultura e Lazer

Escola nos Estados Unidos troca a punição pela meditação

Escola nos Estados Unidos substitui a punição pela meditação (Foto: Divulgação)
Escola nos Estados Unidos substitui a punição pela meditação (Foto: Divulgação)

A iniciativa a seguir prova que é possível idealizar uma educação mais humana de qualidade.

++ Projeto reúne dançarinos e cachorros para trazer leveza ao Ballet

Na Escola Primária Robert W Coleman em Baltimore, nos Estados Unidos, a punição foi substituída pela meditação. Os alunos mais agitados, que normalmente levavam broncas ou detenções, são convidados a refletirem sobre suas atitudes.

As crianças de 4 a 12 anos são encaminhadas para as salas de meditação e fazem exercícios relaxantes. Trata-se de um programa escolar intitulado “Holistic Me” em parceria com a ONG “Holistic Life Foundation”, que reúne profissionais especialistas em comportamento.

A ideia deu tão certo que em dois anos as suspensões e expulsões foram reduzidas a zero. Agora, os alunos tendem a evitar respostas impulsivas aos estímulos. Assim, pessoas menos violentas e mais compreensivas serão formadas, melhorando a convivência na sociedade.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS