Entretenimento, Cultura e Lazer

Fiocruz pedirá autorização à Anvisa para iniciar estudos da vacina contra covid-19, para aplicação em crianças

Nísia Trindade Lima, Presidente da Fiocruz (Foto: Peter Ilicciev / Fiocruz)
Nísia Trindade Lima, Presidente da Fiocruz (Foto: Peter Ilicciev / Fiocruz)

A atual Presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Nísia Trindade Lima, declarou hoje (30), que a fundação fará um pedido à ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária para dar início aos estudos com menores de 18 anos, para aplicação da vacina de Oxford/AstraZeneca contra a covid-19.

Até o momento, nenhuma vacina da covid foi testada no Brasil para uso em crianças e adolescentes. “Nesse momento deve ter início, deve-se entrar com protocolo para pesquisa no Brasil da vacina que nós estamos produzindo na Fiocruz a partir do acordo com a AstraZeneca, para uso pediátrico. Então, espero que em breve tenhamos a aprovação desse estudo”, disse a presidente da Fiocruz em evento realizado online pela Organização Mundial de Saúde (OMS), sobre Covid-19: “Acho que tem que ser de fato um dos focos de atenção, a aprovação da vacina para uso pediátrico e em adolescentes também”, acrescentou Nísia.

A Presidente também abordou sobre a importância da realização de estudos da vacina em gestantes. Em fevereiro deste ano, a Universidade de Oxford já havia iniciado um estudo para avaliar a segurança e a resposta imune do imunizante em crianças pela primeira vez.

A presidente da Fiocruz também afirmou durante o evento, que a vacinação brasileira deve avançar em abril, quando alguns Estados conseguirão vacinar toda a população acima de 60 anos, segundo ela.

Curta nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.